aluOMCINT

Crédito: Divulgação

Buenos Aires – Em discurso na convenção ministerial da Organização Mundial do Comércio (OMC), o chanceler Aloysio Nunes reforçou que o multilateralismo “continua a ser o principal marco para a inserção do Brasil”.

De acordo com o ministro das Relações Exteriores, a defesa do sistema multilateral não prejudica as negociações bilaterais e regionais brasileiras.

“É importante mostrar que valorizamos o sistema multilateral de comércio. Essa seria uma mensagem crítica para garantir a tranquilidade dos agentes econômicos, além de ter efeitos positivos na busca do crescimento econômico”, defendeu o brasileiro.

Aloysio Nunes reforçou a prioridade ao apoio doméstico em agricultura, incluindo o algodão. O ministro disse ainda que o governo do Brasil se engajou no tema dos estoques públicos para segurança alimentar.

“Esse conjunto de temas na área agrícola é crucial para os países em desenvolvimento”, sustentou o chanceler.

“É preciso que a OMC continue sendo um baluarte da ordem internacional aberta, baseada em regras e voltada para garantir estabilidade, segurança jurídica e desenvolvimento para todos”.

Deixe um comentário