Agência BOM DIA – @companhar – e cobrar – os parlamentares de Rio Preto e região ficará mais fácil. Eleitos vão utilizar todo aparato existente na internet para praticamente fazer um mandato on-line.

O Twitter, que o presidente dos EUA, Barack Obama, fez virar febre no meio político em sua campanha em 2009 é a principal ferramenta que os eleitos mantêm para conversar com eleitores. Mas redes sociais que até os mais “fuçados” em internet desconhecem também são usadas por eles para divulgar projetos, discursos, fotos, e responder perguntas.

O senador eleito Aloysio Nunes (PSDB) encabeça a lista dos parlamentares da região com maior número de rede sociais. Aloysio lança mão até do “Formspring” para responder perguntas de internet.

Tuitar virou mania recente do deputado federal eleito Vaz de Lima (PSDB). Para onde vai, leva a tiracolo um iPad. Ele também atualiza o Twitter pelo celular. “Para mim, as redes sociais podem se tornar a grande revolução cultural. Não tínhamos isso até então”, afirma. Assessores e familiares do tucano dizem que ele “viciou” no Twitter. “Minha mulher [Ivani] diz isso”, afirma ele.

O ex-prefeito Edinho Araújo (PMDB) também promete divulgar suas atividades parlamentares pelas redes sociais. E diz estar pronto para responder cobranças via internet. “É fundamental estar no Twitter. A sociedade hoje está muito atenta, ligada, e interessada em cobrar dos políticos. Estou preparado para isso”.

O também deputado federal eleito Rodrigo Garcia (DEM), que “sumiu” da internet depois das eleições, promete agora retomar atualizações. “O Twitter, por exemplo, é um grande instrumento de comunicação”.

Eleuses Paiva (DEM), suplente que vai tomar posse na quarta-feira, também adota o Twitter. Julio Semeghini (PSDB), que vai se licenciar porque foi nomeado secretário de Gestão de São Paulo, promete se manter antenado com demandas da região pelas redes sociais.

Deixe um comentário