O chanceler brasileiro Aloysio Nunes Ferreira e o ministro de Comércio Internacional do Canadá, François-Philippe Champagne. (Crédito: Divulgação)

O chanceler brasileiro Aloysio Nunes Ferreira e o ministro de Comércio Internacional do Canadá, François-Philippe Champagne. (Crédito: Divulgação)

Marraquexe – Em comunicado divulgado em conjunto nesta segunda (9), Mercosul e Canadá confirmam o avanço das negociações para um acordo de livre comércio. O chanceler Aloysio Nunes Ferreira e o ministro canadense para comércio exterior, François-Philippe Champagne se reuniram em Marraquexe (Marrocos).

O encontro ocorreu às margens da reunião informal da Organização Mundial do Comércio (OMC) realizada no país africano. Na nota, ambos ressaltaram a “satisfação” no aprofundamento das negociações. Atualmente, o Brasil exerce a presidência pro tempore do bloco.

“Os ministros reconheceram que com o tamanho da economia canadense e a do Mercosul, há forte potencial para desenvolver uma ambiciosa relação comercial”, registrou o texto.

No último mês de maio, o Canadá iniciou o processo de consultas à população para o possível acordo de livre comércio. Na época, o governo canadense lembrou que – entre 2011 e 2012 – o país teve “discussões exploratórias com o Mercosul”, mas que as conversas não concluíram com o lançamento de negociações.

Confira a íntegra da nota.

Declaração conjunta sobre um possível acordo abrangente de livre comércio entre os estados-membros do Mercosul e Canadá

Os ministros expressaram sua satisfação com a perspectiva de aprofundar as relações bilaterais entre o Mercosul e o Canadá por meio de um potencial acordo de livre comércio, confirmada pelos resultados positivos preliminares do diálogo exploratório que está em andamento.

Os ministros reconheceram que, dado o tamanho das economias canadense e do MERCOSUL e do comércio bilateral, existe um forte potencial para o desenvolvimento de uma relação comercial mais ambiciosa através do aumento dos fluxos de comércio e investimento.

Os ministros expressaram a esperança de que o Canadá e o MERCOSUL possam demonstrar conjuntamente o valor do comércio e do investimento na construção da prosperidade mútua, de forma inclusiva e progressiva.

Neste contexto, os ministros comprometeram-se a promover exercício conjunto de definição de escopo com vistas a possíveis negociações de livre comércio e instruíram seus representantes para que continuem sua estreita colaboração a este respeito.

Deixe um comentário