Crédito: Divulgação


Amã e Beirute
– Em sua passagem pela capital jordaniana neste domingo (4), o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira, assinou um acordo de cooperação técnica com o país. O texto contempla áreas como agropecuária, saúde, educação e formação profissional e agora segue para análise do Congresso brasileiro.

O objetivo é impulsionar a integração entre os dois países. Em 2017, o comércio entre Brasil e Jordânia cresceu 21,4% (US$ 231,1 milhões) na comparação com o ano anterior.

O chanceler se reuniu ainda com o rei Abdullah II e com o primeiro-ministro Hani Malik. Aloysio Nunes entregou ao chefe de Estado uma carta do presidente Michel Temer convidando o monarca a visitar o Brasil.

Já na segunda-feira (5), o ministro das Relações Exteriores esteve em Beirute, no Líbano, e visitou as instalações da corveta Barroso. A embarcação pertence à Marinha brasileira e faz parte da Força Interina das Nações Unidas no país (UNIFIL). Desde 2011, oficiais do Brasil comandam o braço marítimo da operação.

Ainda na capital libanesa, na terça (6), Aloysio Nunes irá se reunir com o presidente Michel Aoun, último compromisso do chanceler em seu périplo pelo Oriente Médio, que se iniciou – no dia 26 de fevereiro – em Israel e passou também pela Palestina.

Deixe um comentário